Muitos pacientes veem seu relacionamento com o oftalmologista através de lentes estreitas. Marcam consultas quando precisam de uma nova receita ou quando sentem desconforto, mas não os visitam para consultas mais frequentes.

Os pacientes podem não reconhecer as vantagens de se envolverem mais com sua saúde ocular, ou mesmo saberem como se envolverem.

Isso representa uma enorme oportunidade para os oftalmologistas. Cada capítulo da vida apresenta novas questões e preocupações relacionadas à visão para um paciente — e novas oportunidades para os oftalmologistas ajudarem. Quanto mais os oftalmologistas puderem estar com os pacientes em todas as etapas, mais valiosos eles serão para os pacientes e também terão mais lealdade. A conquista dessa lealdade, para o benefício do paciente e da sua empresa, depende de ter um plano de comunicação eficaz.

Conheça as etapas fundamentais

Os melhores planos de comunicação começam com um entendimento claro dos diversos estágios e etapas fundamentais do ciclo de vida do paciente. Por exemplo, os pacientes que são alunos ou aqueles que gastam longas horas na frente de uma tela para trabalhar, podem estar experimentando sintomas de fadiga ocular digital. Pacientes com mais de 40 podem estar lutando com uma presbiopia iminente. Pacientes com mais de 60 têm maiores riscos de catarata.

Identifique os estágios do ciclo de vida para as recomendações, serviços, procedimentos e produtos adequados, como as lentes de contato que reduzem os sintomas da fadiga ocular digital. Faça uma lista para enfatizar as especialidades, serviços e pontos fortes da sua clínica. Isso servirá como um plano, para quando se envolver com os pacientes sobre novos assuntos, e quais serão seus objetivos estratégicos quando o fizer. A partir daí, você pode desenvolver pontos de discussão e determinar que tipos de materiais de marketing deverá ter prontos para cada fase.

Personalizar e otimizar

As maneiras mais eficazes de executar um plano de comunicação de longo prazo com o paciente irão variar, dependendo das metas, das preferências do paciente, e dos recursos de cada clínica. É possível se comunicar com seus pacientes mensalmente, ou isso pode limitar seu orçamento e tarefas da equipe? Você tem pacientes que só querem ouvir falar de você quando eles estão com uma consulta atrasada? Que tipos de comunicação tendem a gerar mais consultas para você? Você tem pacientes que só usam óculos, mas perguntaram sobre lentes de contato e estão adiando experimentá-las?

Usando um sistema de gerenciamento de relação com o paciente, como o WebSystem3, os profissionais podem acompanhar os pacientes com maior eficácia, para personalizar a frequência do conteúdo e da comunicação, a fim de otimizar o retorno sobre o investimento. Não importa onde cada paciente está em sua jornada, você pode se posicionar como sua fonte de busca de soluções para atender suas necessidades visuais.