O uso de dispositivos digitais está crescendo rapidamente. Entre 2011 a 2015...

A penetração de smartphones praticamente dobrou1

A penetração de tablets aumentou mais de 5x1

Como resultado do crescimento do uso de dispositivos digitais:

  • Mais de 90% dos adultos gastam 2 horas ou mais por dia em dispositivos digitais2
  • Mais de 50% das pessoas de 18 a 29 anos gastam 9h ou mais horas por dia usando dispositivos digitais2
  • 64% dos adultos dizem que eles fazem a maior parte de suas leituras em dispositivos digitais3
  • 70% usam 2 ou mais dispositivos digitais ao mesmo tempo4

Entretanto, 90% dos pacientes não falam com seu oftalmologista sobre o uso de dispositivos digitais!5

Isso precisa mudar. Especialmente agora que você tem as lentes Biofinity Energys™ para recomendar aos usuários de lentes esféricas.

As Biofinity Energys™ são as únicas lentes de contato do mundo com o design da lente Digital Zone Optics™ — que protege os olhos dos usuários, nas telas e fora delas.

Descubra mais sobre as lentes de contato Biofinity Energys™, as lentes projetadas especificamente para os estilos de vida digital dos seus pacientes.

1 Anderson M. Technology device ownership: 2015. Pew Research Center. Disponível em: http://www.pewinternet.org/2015/10/29/technology-device-ownership-2015. Acessado em 6 de julho de 2016.

2 YouGov. Estudo europeu sobre a fadiga ocular. Abril de 2016.

3 Associação Americana de Optometria (AOA). Resultados da pesquisa 2015 American Eye-Q®.

Disponível em: http://www.aoa.org/documents/newsroom/2015_AmericanEye-Q_surveyresults.pdf. Acessado em 11 de julho de 2016.

4 O Conselho da Visão. Eyes overexposed: the digital device dilemma; 2016 digital eye strain report. Disponível em: https://www.thevisioncouncil.org/sites/default/files/2416_VC_2016EyeStrain_Report_WEB.pdf. Acessado em 11 de julho de 2016.

5 O Conselho da Visão. “Eyes Overexposed: The Digital Device Dilemma: 2016 Digital Eye Strain Report.” Disponível em: http://www.thevisioncouncil.org/sites/default/files/2416_VC_2016EyeStrain_Report_WEB.pdf. Acessado em 10 de março de 2016.